SYLVIE SHINING

Sylvie ShiningA trajetória espiritual de Sylvie Shining se inicia com o seu primeiro Mestre: seu pai. Ele era um buscador e seguia Gurdieff e outros Mestres.

Durante a sua infância, junto ao seu pai, ela se impregna do conhecimento do Oriente ao presenciar iogues levitando, meditando, se deitando em cima de pregos ou ainda entrando em estado de catalepsia.

A conexão antiga, de outras vidas com Saint Germain, ressurge aos nove anos através de uma visão e permanece até hoje. Ele lhe oferece a oportunidade de realizar a sua missão de vida, como Mestre de cerimônia atuando também na área da cura, auxiliando e ajudando os seres humanos no despertar da consciência.

Após a morte do seu pai, ela vai viver com a sua avó materna no campo. A sua avó é uma ” rebouteuse ” (descendente de curandeiras da Idade Média na França). Ela lhe transmite, os primeiros Ritos de mulher ( os rituais dos ciclos menstruais ) e o conhecimento de ervas para cura.

Nessa época, Sylvie frequenta intensamente a Igreja católica. O padre da congregação, buscador e homem erudito das filosofias ocidentais e orientais se interessa por sua educação espiritual. Durante um período de quatro anos, ele lhe apresenta as diferentes religiões e tradições tais como a igreja ortodoxa oriental cristã, islamismo e judaísmo.

Aos 16 anos, ainda no colégio, Sylvie frequenta a Escola Arcana de Genebra que difunde o conhecimento esotérico de Alice A. Bailey. Inicia-se em estudos e meditações que fazem parte da sua vida até os dias de hoje.

Aos 20 anos, ela viaja para o Oriente em busca de caminhos espirituais, deixando a Universidade de Direito em Paris.

Nesse período, encontra Mestres destacando-se Khrisnamurti, Namkhai Norbu Rimpoche, e os ensinamentos de Sri Aurobindo, com os quais se iniciou em várias práticas de meditação.

shining-cheveuxAo voltar à Europa, para aprofundar a sua conexão com Saint Germain, pratica e estuda as canalizações e ensinamentos dos Mestres Ascencionados.

Até este momento, uma parte do seu ser ansiava pelo conhecimento trazido através dos homens do Leste.

A segunda parte do seu treinamento espiritual acontece através das mulheres do Oeste, mais precisamente nas Américas.

Aos 30 anos, Sylvie encontra uma curandeira e parteira, Dona Antônia. Ela lhe apresenta e ensina o que sabe de uma forma leiga e simples, sobre o mundo das ervas medicinais. Sylvie acompanha e trabalha junto à Dona Antônia nos partos, em lugares onde não há energia elétrica, telefone, água encanada ou quaisquer recursos hospitalares.

Aos 37 anos, ela conhece Donna Talking Leaves, mestiça Ameríndia. Conexão de coração a coração. Durante oito anos ela se inicia em diferentes rituais e cerimônias como Roda de Cura ( Spirit Retrieval ), Chanupah ( Cachimbo Sagrado ) Inipi ( Sauna Sagrada ), Mandala Cristalina ( formação com cristais ) e as linhagens dos povos das Américas.

Dois anos mais tarde, encontro inesperado com uma mestiça Ameríndia, Rose Sweet Water que lhe transmite diretamente os ensinamentos do Conselho das Anciãs das 13 Luas.

No México, Doña Juanita, curandeira e feiticeira, transmite para Sylvie o ritual de purificação do Temazcal ( Sauna Sagrada Mexicana )

Sylvie ShiningHoje, Shining é uma Anciã e os seus ensinamentos são a síntese desses poderosos encontros e experiências de vida entre o conhecimento do Leste por meio dos Mestres e a Sabedoria Milenar do Oeste através das Mestras, verdadeiro casamento interior entre o Ying e o Yang, Profundo Feminino e Profundo Masculino.

Nas suas vivências e seminários, Shining mantêm e sustenta o protocolo dos ensinamentos e linhagens recebidas. Atualmente, ela canaliza diretamente da Fonte Original.

Shining tem seguidores em diferentes partes do mundo. Consequentemente para tornar os ensinamentos adaptados ao mundo contemporâneo, de uma forma mais atualizada, transparente, compreensível e dinâmica, ela cria a Sweet Eagle Tribe Medicine. Uma escola autônoma onde todos aqueles que buscam conhecimento, iniciações ritualísticas e cura pessoal são bem vindos, agregando filosofias e tradições numa proposta de auto realização voltada para ajudar o despertar da consciência no Planeta.

O Sweet Eagle Tribe não pertence a nenhuma etnia, dogma ou religião e não reivindica nenhum direito institucional.

Sylvie Shining Kunhã Karay
Dance Chief of The Sweet Eagle Tribe Medicine